Regularização das Cooperativas perante a ANELL

 

          No dia 13, do decorrente mês, mediante intermediação da FECOERPE, a Celpe assinou com as cooperativas de energia elétrica de Pernambuco os seguintes instrumentos jurídicos: 
a) Acordo de reconhecimento de instalações elétricas;

b)Aditivo ao contrato de autorização de uso do sistema elétrico das cooperativas pela Celpe;c) Acordo coperativo de manutenção de sistema elétrico.
          O grande objetivo dos documentos assinados consiste no cumprimento das exigências finais dos processos administrativos abertos pela Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL, para propiciar a emissão de Resoluções Autorizativas das cooperativas como agentes do setor elétrico. O modelo de cooperativa de eletrificação Rural do nosso Estado é diferente de outras regiões do País, principalmente no processo de comercialização de energia elétrica. Como 80% dos nossos associados são consumidores de baixa renda, espalhados em extensas áreas geográficas, as tarifas vigentes para as cooperativas de Pernambuco, jamais absorverão os custos de leitura, emissão de contas, inadimplência, perdas técnicas e comerciais, manutenção corretiva e preventiva. A parceria comercial, garante às cooperativas a condição de estarem em contato permanente com seus associados, fazendo a leitura dos medidores de energia, operando integralmente o sistema de baixa tensão, com substituição dos transformadores avariados e manutenção preventiva das respectivas redes elétricas. Nosso modelo evita conflito com a concessionária e privilegia os associados com a assistência de duas empresas, afora a vigilância dos órgãos de defesa, como o Conselho de Consumidores, a ARPE, ANEEL e o PROCON.